Coach Espiritual

Como a Vida seria Fácil!

Você já parou para pensar se, por um instante, todos os seus problemas se dissipassem como mágica?

Se tudo aquilo que mais lhe aborrece simplesmente sumisse?

Como seria a sua vida se você nunca tivesse problemas a resolver?

Se os filhos não o aborrecessem, se o marido ou esposa jamais reclamassem ou só fizessem tudo para o agradar?  Se o carro nunca estragasse e a água ou a luz nunca faltassem?  Ah, seria maravilhoso, também, se os colegas e o chefe não o importunassem, e o vizinho jamais colocasse o lixo na sua porta ou se os encontros de família fossem sempre harmoniosos?

Sua vida seria mais fácil sem tudo isso?  E se Deus tirasse essas situações da sua vida… A partir de agora você não teria marido, esposa, filhos, emprego, colegas, vizinhos…

A vida lhe seria mais fácil?

A solução é não ter empecilhos em sua trajetória ou é saber contornar situações e ser grato ao que você tem?

Problemas existirão sempre, contudo eu posso garantir que eles vêm para nos mostrar a que precisamos dar mais atenção em nossa vida.

Problemas são como testes que ajudam a desenvolver a nossa força interior que nos levará a atingir o nosso verdadeiro potencial.

Momentos críticos podem ser vistos como obstáculos que encontramos em nossa jornada, para nos relembrar de todos os privilégios de que usufruímos em nosso viver diário.

Por que temos o velho hábito de reclamar de tudo, e, no entanto, não nos acostumamos a agradecer pelo que temos ou pelo que somos? Mesmo quando estamos enfrentando problemas graves em nossa vida devemos aplicar a lei da gratidão para as coisas boas que desfrutamos normalmente.

Ao invés de reclamar dos filhos, da esposa, do marido, do trabalho, por que você não agradece por ter um filho, enquanto muitos casais querem ser pais e não o conseguem? Por que você não agradece por ter um companheiro, enquanto muitos adorariam estar vivendo uma relação a dois? Por que você não agradece pelo emprego que possui, enquanto muitos clamam por um, há meses?

 Eu posso citar diversos exemplos de gratidão para que você pratique em seu dia a dia, mas vou deixar que você faça essa reflexão. Sugiro – seria maravilhoso! – que adote um pequeno caderno de gratidão e coloque esse exercício em prática.

Ao surgirem dificuldades, questione-se: “Quem sou eu para saber o que os acontecimentos da vida me reservam? ”. Será mais fácil permanecer sentindo raiva pelos acontecimentos ou eu tento agradecer ao que possuo, para sair deste estado negativo no qual eu mesmo me coloquei?

E, finalizando, deixo para você uma reflexão:

Existe uma antiga lenda chinesa que conta a história de um agricultor que tinha um filho. Ambos tinham um único cavalo para auxiliar na lavoura dos seus campos. Este cavalo tinha um papel muito importante no sustento daquela pobre família. Um belo dia, o cavalo fugiu para as montanhas ao redor, já que o estábulo sempre permanecia aberto.

Ao saber da desgraça, os seus vizinhos, sensibilizados com a situação, dirigiram-se até a casa do velho agricultor para expressar os sinceros sentimentos pela sua perda.

E o agricultor, muito sereno, lhes respondeu: “Pode ser sorte ou azar, quem sabe?”.

Alguns dias depois, o seu cavalo retornou das montanhas acompanhado de diversos cavalos selvagens, os quais foram colocados dentro do estábulo. Agora ele não teria apenas um, mas muitos cavalos para lhe auxiliar na lavoura. “Que alegria”, falaram os seus vizinhos, “você deve estar muito contente!”.

E o velho agricultor respondeu: “Pode ser sorte, ou azar, quem sabe?”.

Um dia o filho do agricultor tentou domar um dos cavalos selvagens, ao fazer isso caiu e quebrou uma perna. Todos ficaram abalados com o ocorrido, porém o velho agricultor simplesmente respondeu: “Pode ser sorte ou azar, quem sabe?”.

Dias depois do ocorrido, o exército foi até a aldeia onde o agricultor e seu filho moravam, recrutando jovens para a guerra. Ao verem o filho do agricultor com a perna quebrada, o deixaram para trás, levando outros jovens da aldeia.

Novamente o agricultor diz: “Pode ser sorte ou azar, quem sabe?”.

A guerra matou diversos jovens que habitavam aquela aldeia.

Assim são seus problemas. Você nunca sabe o que o Universo lhe reserva. Então, agradeça pelo que você tem e pare de se lamentar quando as coisas não ocorrem como você gostaria ou desejaria. Aceite cada acontecimento como uma forma de trazer mudanças positivas para você!

Sílvia Mari Bavaresco

Sem Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post anterior

Gratidão X Obrigado

Próximo post

Viagem ao Eu Sou!